Psicologia Analítica Junguiana

jung

A Psicologia Analítica Junguiana, iniciada pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung, é uma linha da psicologia que foi desenvolvida a partir das experiências pessoais de seu fundador. Jung dedicava-se a estudar e investigar os mais diversos temas. O mundo dos sonhos, da fantasia, da religião, alquimia, filosofia e mitos o despertavam um profundo interesse.

A prática da Psicologia Analítica é dirigida para estabelecer um diálogo constante entre o consciente e o inconsciente, e através de um olhar simbólico aos conteúdos que o paciente traz, é possível chegar a um sentido específico, uma expressão apropriada que melhor formule o que se busca ou se pressente.

O método da Psicologia Analítica vai além da análise verbal. O relato de um sonho, fantasia ou alguma situação de vida, podem ser amplificados e associados a contos de fadas e mitologias. As expressões artísticas de todos os tipos como desenhos, pinturas e argila por exemplo, também são valorizadas e fazem parte do processo analítico.

Os estudos de Jung resultaram em uma linha psicológica complexa e fascinante, que abrange uma série extraordinariamente extensa de comportamentos e pensamentos humanos.